Supercalifragilisticexpialidocious

 

Saímos de Austin na segunda de tarde, seguindo pra Orange County Airport e com escala em Denver, Colorado. O nosso avião pra Denver atrasou e consequentemente não conseguimos pegar o avião de Denver pra California. Estávamos viajando com a Frontier Airlines, e não recomendo essa linha aérea: todo mundo que trabalha nessa compania parece que esta te fazendo um favor, fazem caras e bocas pra demostrar o quão chato você é quando você pede por um headphone ou pergunta como fazer pra entrar no programa de milhagem deles. Achei surreal a falta de respeito, não teve ninguém naquele compania que tivesse me feito ficar à vontade, todo mundo com cara amarrada. Além disso, os aviões são imundos por dentro, nunca vi aviões tão sujos e olha que pegamos 4 aviões com eles nessa viagem, mas acho que deixaria isso passar, não fosse a infeliz da mulherzinha da reservas no telefone com Robert mandando eu calar a boca! Impressionante! Nunca mais! Pegamos United no caminho pra casa e notamos na hora a diferença, sempre fui muito feliz com eles e sempre dou preferência por voar United.

Enfim, perdemos um dia inteiro trancafiados em Denver, e ficamos muito muito muito chateados. Acabamos ficamos em trânsito por 22 horas e só chegamos em Los Angeles às 16h do dia seguinte. Eles simplesmente nos deram "benção e tchau" e a gente que se virasse até o próximo vôo no dia seguinte (que também atrasou quase 3 horas).

Eles nos mandaram pra LAX em vez de SNA, e obviamente, chegamos lá e nada de malas. A essa altura eu queria muito escovar meus dentes e trocar minha roupa pois dormimos  na noite anterior com as blusas que compramos em Austin e por sorte estavam na mala de mão – quando chegamos em Denver já estava tudo fechado. Felizmente, se é que eu posso dizer isso, nossas malas chegaram no hotel 8 horas da noite e pudemos em fim, tomar um banho e trocar de roupas.

Como chegamos tarde demais pra ir pra Disney naquele dia, ficamos no hotel descansando da aventura. Thanks for ruining my trip, Frontier!  Levamos o Thomas pra piscina do hotel, e ele ficou tão animado com a possibilidade de nadar numa piscina enorme, que acabou vomitando em 5 minutos que entramos na água. Voltamos pro quarto. Dormimos e acordamos super cedo pra pegar os brinquedos da Disney sem muita fila.

IMG_7761

IMG_7786

 

 

 

 

Foi ótimo! Thomas foi em todos os brinquedos e adorou tudo. Seu preferido foi o Indiana Jones, o segundo foi a Space Mountain e o terceiro foi a Splash Mountain. O coitadinho saiu da Splash Mountain completamente ensopado, pingando, e se não fosse por isso ele teria gostado mais. No dia seguinte, nos aventuramos na Tower of Terror nem ele e nem o Robert gostaram. O Rob quase teve um treco. Eu adorei. IMG_7855IMG_7955-mod

 

 

 

 

O ponto alto da Disney foi ter ído assistir o Jedi Academy, que é uma espécie de teatro ao ar livre em Tomorrowland, em que as crianças da platéia são escolhidas pra participar lutando contra Darth Vader e Darth Maul. Eu tinha avisado ao Thomas pra pular bastante pra ser escolhido mas também disse que se não fosse que não teria problema que a gente voltaria no dia seguinte e tentaria de novo. Pra nossa sorte, o Thomas foi escolhido de primeira e lutou contra o Darth Vader, ganhando um diploma de novo Padawan.

 

O hotel Ménage supriu todas as nossas necessidades e excedeu. Todos os hotéis imediatamente ao redor da Disney são baratos (exceto os da própria Disney) mas nem todos são bons. Esse tem seus defeitos, mas não vou reclamar nem um pouco porque paguei menos do que 100 dólares por noite. O hotel em si é super limpo e foi renovado há pouco tempo. O quarto, o serviço e os restaurantes, não deixam nada a dever pro Huntley, em Santa Mônica, que custou 400 dólares por noite. Mas claro, tem gente que já nasceu reclamando e reclama de coisas que eu não vi o menor fundamento. Tem defeitos, claro, mas ficaria nesse hotel de novo.

Na sexta, fomos pra Universal e assistimos a todos os shows que eles tinham disponíveis. O Thomas evitou o Jurassic Park porque sabia que ía se molhar – não sei de onde essa criança inventou que não gosta de se molhar. Nadar ele gosta e gostou de saber que a bisavó dele tinha sido campeã de natação. O gosto de nadar está no sangue, com certeza.

IMG_7959  IMG_8093
IMG_8041   IMG_8045

O "brinquedo" favorito dele foi o Curious George, que é uma estrutura enorme tipo playlands da vida, com milhões de bolinhas de espuma que podem ser lançadas através de canhões de ar comprimido. É bolinha pra tudo quanto é lado, e levamos várias boladas de todos os lados. O Thomas não queria mais sair de lá e enquanto estava lá dentro corria pra todos os lados, completamente maníaco em juntar o maior número possível de bolinhas em um baldinho pra inserir nos canhões e sair atirando nos alvos que tem por lá.

Depois disso passeamos de carro em Hollywood, Santa Mônica e uns pedaços que eu me lembrava de quando eu fui com a Gabriela. No dia seguinte demos um passeio enorme (o nosso vôo pra casa era às 19:50), passando por lugares que um colega do Rob mora, Monrovia. Lugar muito agradável. Passamos por Pasadena e descemos por Malibu até voltarmos ao ponto de partida. Começamos a seguir em direção ao aeroporto (John Wayne) mas como estava ainda muito cedo, fomos procurar lugares nunca d’ante navegados (por nós, é claro). Fomos parar em Irvine (onde demos uma olhada no campus da Universidade, hehe) e em Newport Beach, onde descobrimos uma ilhazinha chamada Balboa Island que

IMG_8095 IMG_8138
IMG_8184 IMG_8110

tem as ruas muito parecidas com Búzios e um lugar muito agradável. As pessoas conversando nas ruas com uma cervejinha, crianças brincando, uma praia muito esperta… o Thomas brincou muito lá! Já tô de olho nessa praia pro nosso verão!

A nossa viagem de volta foi boa, a United nunca me decepciona. Chegamos em casa cansados e com gostinho de quero mais, gostamos de cada momento que passamos relaxando (ou nos cansando) e estamos prontos pra mais 10 semanas de aulas até as minhas próximas férias.