Turn turn turn…

Olha só que o mundo dá voltas. Há dois dias eu estava chamando o Aristóteles de todos os nomes possíveis, e hoje chegou a nota do trabalho de filosofia que eu chorei pra fazer e não é que tirei 100%? Trinta perguntas cabeludérrimas, pelo menos dois parágrafos cada uma, e passei dois dias inteiros fazendo. Santa dor de cabeça! Pelo menos agora entra a parte interessante da matéria, que é Ética Biomédica, essa semana estaremos discutindo a autonomia do paciente e já tem outro trabalho pra fazer pra amanhã.

Eu nem falei pra vocês que meu primeiro período já terminou no meio de Junho e agora já comecei o segundo. O bom de ir pra faculdade no verão é que não tem quase ninguém lá, é tudo muito relax. Gostei.

Hoje na volta pra casa, um corvo enorme ía pousar naquela barreira do lado da estrada e decidiu no meio do pouso, alçar vôo novamente. Só que não olhou antes de atravessar a rua e bateu no meu parabrisas. Estou atordoada até agora, o barulho dele batendo no vidro continua ecoando na minha cabeça e eu estou toda arrepiada. Matar passarinho dá azar? Só espero nunca nunca nunca matar nenhum mamífero, aí eu acho que ficaria muito traumatizada.

update: Falar em mamífero, eu sempre passo por uns sítios quando eu estou voltando pra casa e vejo as vaquinhas lindas com seus bezerros. Hoje tinha uma deitadona com aquelas tetas enormes e rosadas (ai, quanto spam não vou receber agora) cheias de leite e o bezerrinho do lado. Por que tem gente que acha peito feio? Eu acho uma coisa tão linda.