Temperatura

Vez ou outra me deparo com alguém que fica super ofendido quando eu falo alguma temperatura em Farenheit, como se fosse alguma traíção pública ou anti-patriotismo não usar as medidas em Celsius.

Agora tente me entender: no Brasil, pelo menos no Rio, eu nunca dei nenhuma importância às sutilezas da temperatura. No Rio só existem duas temperaturas, frio ou quente. Quando você vai sair de casa você pergunta se está frio ou quente lá fora e joga um casaco por cima se for necessário. No Rio eu só sabia que acima de 30 é quente e abaixo de 20 é frio. Abaixo de 15 é frio ártico.

Aí eu vim morar num país, que por acaso usa as medidas em Farenheit. E por acaso onde eu moro numa região onde se presta muito a atenção no tempo. (Sabia que existem muito mais nomes em inglês pra chuva e pra vento do que em português? Sabia que os esquimós (desculpe, Inuit) têm dezenas de nomes pra designar a neve? Como a necessidade se reflete na linguística, não?) Acredito que a pouca variação de temperatura do Brasil contribui pra esse tópico não ser de muito interesse, mas aqui é essencial estar em sintonia com a previsão do tempo.

Hoje em dia, se me disserem que a temperatura lá fora é de 55F eu sei exatamente o que isso significa em termos de roupa. No Brasil, 13C nunca quis me dizer muita coisa até porque eu raramente peguei essas temperaturas lá.

Pra quem está vindo pra essas bandas e quiser ter uma idéia – pelo menos pela minha percepção – aqui vai uma dica:

Acima de 90F – quente pra caramba

Acima de 80F – quente, mas agradável se não estiver abafado.

Acima de 70F – morno, quentinho sob o sol, possível estar friozinho na sombra.

Acima de 60F – morno pra frio, use manga comprida, mas nao precisa de casaco.

Acima de 50F – friozinho, use jaqueta, casaco leve ou suéter grossinho.

Acima de 40F – frio, use sobretudo de lã ou casaco impermeável.

Acima de 30F – bem frio, use casaco de pluma de ganso.

Abaixo de 30F – boa sorte.

Até hoje eu não entendo como tem gente que se incomoda tanto quando o assunto é F contra C. Como se falar em F fosse algo elitista ou como se fosse pecado capital os EUA não usarem Celsius.