Samba de uma nota só

.. Crianças!

Mil perdões por sumir tanto assim. Eu não tido muita coisa interessante pra contar ou não tenho tido muita inspiração pra contar o que tem acontecido de interessante. Então em respeito pela meia dúzia de pessoas que comentam nesse blog, prometo postar mais daqui em diante.

O Thomas começou o Kindergarten na segunda passada!! Como o Robert é quem o levou e pegou todos os dias dessa semana (meu horario na faculdade está uma droga esse período, saio de casa às 8h da manhã e só volto quase 10 da noite) eu não tenho nenhuma informação sobre o que aconteceu nessa semana, a não ser o que eu pergunto pra ele. A maior parte dos seus amigos continua com ele e gosta muito da nova professora. Darei maiores informações quando elas estiverem chegando.

A Chloe ainda está aqui e não tem arranhado ningúem – será que ouviu meus pedidos? Ainda bem que os dias têm sido bem corridos que a gente acaba nem vendo a Chloe e portanto, nem pensado no que fazer com ela. A dona do abrigo que nos deu ela está procurando uma casa pra ela *sem bichos e sem crianças* mas acho que ela ainda vai ficar aqui em casa por muito mais tempo – enquanto a casa perfeita não aparecer, daqui ela não sai!

A Mia cresceu bastante e brinca o dia inteiro com o Max – nossos dedinhos cheios de marcas de dentinhos de filhote, agradecem.

O Max não tem feito pipi onde não é chamado. A Gwen tem se comportado muito bem.

A faculdade está arrancando o meu couro já nessa primeira semana de aulas. À propósito, acabei ficando com B+ em química no período passado (85%), fiquei pê da vida, mas não vou ficar olhando prá trás agora não. O problema desse período é que é menor do que todos os outros, o que nos faz ter mais horas de aulas por semana… Mas enfim, dia 9 de agosto é minha última prova final e último dia nessa faculdade em questão. Meu último período lá e último dia com minhas amiguinhas, então estamos planejando uma festinha de despedida. Terei férias até dia 26 de setembro (ô beleza!) quando então comecarei os estudos em uma universidade pra terminar os dois últimos anos de Microbiologia.

Só que esse parágrafo anterior me leva a crises existenciais.

Sábado passado fiz um chá de bebê para a Luciana Misura que está esperando a chegada da pequenita Julia. Foi uma tarde muito agradável com comidas gostosinhas que Luciana e eu cozinhamos com muito gosto, pessoas queridas, brincadeiras, atividades artísticas… e um BOLO maravilhoso de limão com recheio de cream cheese de amora, já estou com saudades do gostinho dele! A Lu ganhou muitos presentes e no final do dia estávamos estiradas no sofá – os meus pés amassadinhos de um sapato de salto que eu nunca uso – mas satisfeitas!

Minha casa está uma bagunça! Minha faxineira me deu um balão há meses atrás e pelo jeito vou ter que procurar uma outra porque não tá dando pra manter tudo sozinha não.

Sinceramente, me sinto esgotada.. esgotada de fazer minha vida 100% estudos e não ter espaço pra mais nada, como por exemplo cuidar do meu filho e da minha família. Tenho pressa pra terminar, pra poder sair dessa vida de estudante, mas a que custo. Ainda tenho muitos sonhos pela frente e pretendo realizá-los, mas o modo pelo qual isso vem sido feito me faz sentir culpada por fazer as pessoas que eu mais amo terem que sofrer pelo meu egoísmo.