Domingo, 1 hora da manhã, o Thomas acorda chorando.

_”Mamãe! Mamãe! Mamãe!”

_ “Que foi meu filho, você teve um pesadelo?

_ “Não, eu vou ter!”

 

One Response to preemptive strike

  1. leticia says:

    oie! Tô voltando 🙂

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *