Há algumas semanas atrás, nós tivemos uma tempestade de neve (a primeira de algumas…) que tirou todo mundo do sério e da rotina. As pessoas levaram horas pra chegar em casa, algumas até desistiram de dirigir na neve e no engarrafamento e dormiram em hotéis mesmo.

Foram uns dias conturbados, mas interessantes. Uma das coisas que eu mais me lembro, por mais boba que pareça, foi ter visto um senhor de mais de 70 anos ajudando um menino com seus 18 anos a desatolar seu carro da neve.

Esse senhor simplesmente passou dias na frente da sua própria casa com corda e outros apetrechos preparado para ajuda a quem ficasse atolado. Aparentemente, era um pedaço complicado para carros menores e a neve estava profunda.

As câmeras da TV filmaram tudo. Assim que o carro do menino atolou, ele jogou a corda em cima do ombro e foi lá ajudar sozinho. Alguns minutos depois, o carro estava livre. O menino saiu do carro pra agradecer o gesto, e qual não foi sua surpresa quando aquele senhor rebateu: “Não precisa me agradecer, mas não se esqueça de passar o gesto adiante”. O menino parou um pouco, acho que não esperava por essa, abaixou a cabeça em respeito e disse: “Sim, senhor!”.

Gostaria de agradecer às pessoas que têm me ajudado a conseguir entrar para a Universidade de Washington. Vocês sabem quem vocês são, mas só pra não ter nenhuma dúvida: Dr. Flea, Luciana Misura, Pedro Giglio, Aline Orr, Ana Vilaça, Rob, meu pai, minha mãe, Paulo e minha madrinha Marina. Sem contar nas inúmeras pessoas que me dão todo o apoio que preciso agora. Obrigada!!! Com certeza passarei o gesto adiante!

 

7 Responses to Pay it forward

  1. Luciana, lindo gesto e maravilhosa lição. beijos

  2. Gabriela says:

    Oi Luciana,

    Fiquei surpresa com este comportamento por aqui também. Mas quem recentemente me lembrou esta lição foi uma brasileira, nos States há tempos, que conseguiu se lembrar de seus apertos na adaptação e me extendeu a mão com a mesma mensagem no final. Bom pra aplicar na vida!

  3. Paula says:

    Oi Luciana!
    Está gostando da neve?
    Vc estuda o que?
    Um bom resto de semana pra vc!
    Abraços diretamente do Brasil!
    *Paulinha*
    http://www.booperfly.blogspot.com

  4. Cleide says:

    Olá! Estou passando aqui pela primeira vez. E é muito gratificante saber que em todo lugar do mundo tem aquele que procura ajudar o próximo. Aqui no Brasil está passando nos canais abertos uma campanha publicitária parecida intitulada, pedindo para as pessoas passar adiante atitudes nobres como a do sr. que vc contou.

    SEJA MUITO FELIZ E PASSE ADIANTE A FELICIDADE!

    Bjs!

  5. marina mendonça says:

    Princesa,

    Estamos sempre aprendendo com você.
    Ainda bem que temos tido essa oportunidade.
    Deus a abençoe!
    Tia Marina

  6. Patricia says:

    Como é bom saber que ainda existem pessoas com uma atitude tão caridosa e louvável. Com certeza se todos os gestos caridosos fossem passados para frente o mundo seria um lugar mais harmoniozo pra se viver. E vamos passar o gesto adiante!

  7. Marie Moon says:

    Que lição bonita!
    E aqui quase não tem neve. Esse ano, não vi cair nem um pouquinho que fosse em Jersey. Hannover só pintou o chão de branco por algumas horas. Nhé. Mas enfim, como não sei se a beleza de uma tempestade de neve compensa os inconvenientes, deixa como está.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *