One Green Thumb!

Vocês devem ter reparado que adicionei no título do blog o subtítulo “and one green thumb!” que significa um dedinho verde por assim dizer, ou seja, alguém que tem o dedo verde, tem plantas bonitas, facilidade e sensibilidade pra cuidar de plantas, etc.

Estou cultivando o meu dedo verde, aprendendo sempre, porque há 4 anos atrás eu não tinha plantado nada mais do que caroço de feijão no algodão, então ainda tenho muito chão pra percorrer.

A intenção é transformar esse site (ou fazer um novo) num cantinho de plantas e paisagismo, já que ando muito interessada em landscape architecture.

Vou começar com as plantas do meu jardim, que não são poucas, e por aí vai. Também quero escrever sobre projetos que fizemos, como o deck e o pátio. Algo meio “do it yourself” – se você quiser também ser um – nós aqui não temos medo de começar nenhum projeto.

O nosso maior projeto com certeza será o da nossa próxima casa. No último ano temos cultivado a idéia de construir a nossa casa do zero. Calma, não vai ser a gente que vai construir não – vamos contratar uma empresa, provavelmente a Lindal Homes mas isso quer dizer que vários outros projetos serão criados. E eu pretendo detalhá-los passo a passo aqui.

Tenho pensado em abandonar a idéia de atuar na área médica por completo – nada me atrai da maneira que uma carreira pro resto da vida deveria atrair. Algumas profissões que considerei até pagam muito bem, mas não consigo me ver realizada em nenhuma delas. Pelo menos não pro resto da vida.

A idéia é me voltar às artes e voltar a fazer o que eu gosto, sem me preocupar com o dinheiro. Estou olhando o bacharelado em Landscape Architecture com cuidado, e desde já gosto muito da idéia de trabalhar por conta própria, talvez abrir uma nursery que ofereça designs de paisagismo.

A universidade local tem uma matéria de introdução a landscape architecture que é obrigatória antes de aplicar para a major em Landscape Architecture. Pretendo fazer essa matéria agora no período do outono e ver se realmente é o que eu quero fazer.

Mas mesmo que não seja, gosto muito de planejar jardins, e por enquanto isso está sendo uma coisa mais do que realizadora pra mim. Eu sou uma pessoa sem stress, e quero que minha vida seja cercada de flores, artes e muitas joaninhas e borboletas.