Notinhas

Não tenho escrito não por falta de tempo, mas por falta de assunto mesmo. Os dias preguiçosos de inverno estão contagiantes pra mim, estou adorando ficar em casa sem ter me preocupar em sequência de mutações virais, ou qualquer coisa do tipo. Só quero neném, neném e mais neném.

Eu peguei um resfriado não sei onde – eu sou a única dessa família a ficar resfriada o tempo todo! – e vamos combinar que sair ontem pra limpar as folhas do jardim num frio abaixo de zero não colaborou nadinha pra minha melhora.

Terminamos nossa árvore de Natal semana passada. Por um pequeno erro de cálculo matemático, a árvore teve que ser cortada no topo pra poder caber na sala. Ela nem é tão alta assim, mas é gorda, rechonchuda. A sala fica até escura com ela na frente da janela.

Nós estamos  programando nos mudar para uma casa maior melhor nos primeiros seis meses de 2010 por vários motivos. O primeiro deles é que eu não gosto dessa casa: o jardim é pequeno, alguns quartos são no andar de baixo, tem muita árvore na parte de trás deixando a casa mais escura no inverno… eu não ía parar com a lista se eu fosse descrever tudo o que me incomoda. Outro motivo é porque não me adaptei muito nesse local, não tem quase criança pequena (mas tem muito adolescente!) e eu quase nunca vejo ninguém do lado de fora das casas. Na minha casa antiga era completamente diferente! Mas eu gosto que aqui tem muito comércio perto.

Por conta da mudança, articulei uns argumentos bons para o desmantelamento da saleta de música do Robert. Como ele não pretende gravar nada nos próximos seis meses, não tem motivo pra ele ficar com trezentos aparelhos de música montadinhos. A saleta agora está arrumada para as crianças, nossas e das visitas. A estante de livros infantis foi colocada lá, uma televisão antiga, jogos de tabuleiro, pincéis, papéis, lápis-de-cor, brinquedos em geral..

Também tirei o final de semana para arrumar o quarto de visitas, um tapetinho, umas mesinhas, novos lencóis.. se eu achar, umas flores na janela…

Daqui a uma semana, minha família em peso chega por aqui para passar o Natal e o Ano Novo, vai ser muito divertido ter a casa cheia de novo! E dessa vez o priminho do Thomas de 11 anos vem também, então vai ser ótimo.

Lucas faz 4 meses amanhã, e ele já está vestindo e calçando roupas 6-9 meses há algum tempo. Já passou das 18 libras (mais de 8kg) e está muito muito bonitinho. Conversa bastante, ri e gargalha das nossas bobeiras e dorme a noite toda do nosso ladinho. Quando acorda é só pra dar uma mamada rápida no meu peito e depois volta a dormir de novo. Já está segurando os pés e agarrando os brinquedinhos – que invariavelmente terminam dentro da boquinha linda.

Eu fiquei falando pro Robert que eu queria ter 4 filhos só de brincadeira. Agora ele acha que 3 não é muito. É tudo questão de perspectiva e comparação. 😉

A maior parte das amigas grávidas desse ano teve seus filhos. Por enquanto os playdates são mais para as mães, mas é bom, muito bom! Todos os bebês estão umas gostosuras sem tamanho!

Ainda não nevou aqui, quer dizer, hoje caiu uns floquinhos sem vergonha. Mas acho que de amanhã não passa, embora não deva ter acumulação nenhuma. Esse ano tivemos muito muito sol. Isso quer dizer que ano que vem vai uma droga, quer apostar?

O fofinho está acordando, time to go.