Notícias

Queria dizer que está tudo bem, na medida do possível. Meu pai ainda está no CTI, ainda está sedado (aliás, já tiraram a sedação na terça passada, mas ele ainda não acordou) e os pulmões ainda estão meio chumbadinhos. Mas já não faz diálise desde sexta passada, está urinando bem, começou a alimentação enteral na quarta e parece que funcionou depois de duas tentativas que não funcionaram há duas semanas atrás, e ele já está com uma aparência mais normal. Acho que risco de vida mesmo ele não está passando neste momento, a não ser que uma outra infecção aconteça, deus me livre. Até colonização por fungos ele teve, devido a imunidade estar muito baixa, mas tudo está sob controle agora, cada dia um pouquinho melhor.

Ele deve acordar no início da semana que vem. Não sei quando tirarão o respirador, mas eles já disseram que se tirarem e ele não estiver respirando adequadamente, farão uma traqueostomia. Eu já achava que deviam ter feito isso, pois já tem 17 dias que ele está sedado e com o respirador. Mas enfim…

Ele está sendo muito bem cuidado no hospital que ele está. Como vou lá todos os dias, acabo conhecendo as famílias das outras pessoas que estão no CTI, e as enfermeiras, assistentes sociais. Eu gosto de ir pra lá, ontem não fui pra tomar conta do Thomas em casa, e senti muita falta.

O ambiente é muito limpo e claro. Óbvio, tem um monte de velhinho entubadinho e dormindo, mas o ambiente não é depressivo, as enfermeiras são muito boazinhas, gentis e passam muito calor humano. Tudo o que a gente precisa. Agora os médicos.. deus me livre, umas pedras de gelo – exceto um anestesiologista que sentou com a gente e explicou tudo nos mínimos detalhes, o resto demostra que não quer estar alí conversando com você.

Não vejo a hora dele acordar e mandarem ele logo pro semi-intensivo e logo pro quarto depois. Ou melhor, ao mesmo tempo que quero que ele saia logo do hospital, estou com medo do que virá depois, pois sei que ele terá que fazer quimioterapia e radioterapia, e que a vida daqui pra frente vai ser meio triste. A cirurgia não curou ele, mas nos comprou mais tempo, e assim espero.

Essa mensagem provavelmente será apagada quando ele voltar pra casa. Não quero que ele leia isso..