Hump day

Esse final de semana foi bem legal. Há muito tempo não tinha um final de semana tão relaxante.

No domingo FINALMENTE demos um jeito na garagem, porque estava demais! Agora está tudo fora do caminho. Aquilo tudo
bagunçado estava me incomodando de uma tal maneira que estava me deprimindo.

Aproveitei a garagem vazia e limpa e comecei a fazer pátina numa mesa de centro que estava jogada na garagem há dois anos.
Ainda não terminei, mas é uma coisa legal pra fazer quando eu tiver tempo (leia-se quando o Thomas estiver dormindo) o que é
quase nunca.

Fomos fazer comprinhas no meu paraíso de compras chamado Target. Sempre que preciso comprar coisas como brinquedos,
vídeos, cartões, é pra lá que eu corro. Os preços são bons e eles sempre tem coisinhas bonitinhas. Eu sempre saio de lá com
mais coisas do que eu tinha na lista. Eu acabo lembrando de tudo que eu preciso na casa “ih, aquela lâmpada da frente
queimou, vamos comprar essas 10 aqui” .. coisas do tipo.

Dessa última vez eu precisava comprar 2 almofadas de seda lilás que estavam pela metade do preço, sendo que as coitadas
nem combinam com nada que eu tenho em casa. Quando eu cheguei em casa eu descobri porque estavam pela metade do preço – não
são tão confortáveis assim. Mas são tão bonitinhas!

No domingo fomos no aniversário de 1 ano da Júlia, filha da amiga Rachel. Foi uma festa muito legal e pude reencontrar
pessoas queridas. O Thomas se divertiu a beça com as outras crianças. E eu pude botar em dia papos sobre cabelos e depilação
que rendeu umas boas gargalhadas.

Enfim, foi um ótimo feel-good weekend, comecei a segunda tão, mas tão energizada que dei uma faxina geral na casa que só
terminou as 8h da noite. Eu adoro cheirinho de pinho sol pela casa misturado com cera de chão. Pra finalizar fiz uma receita
de fettuccini (nossa, tinha muito tempo que não comia macarrão) que eu tirei do fundo do baú que tem um molho branco
maravilhoso com rúcula, filet mignon e erva-doce.

Ficou de lamber os beiços.