E vamukivamu!

Entao finalmente eu resolvi entrar pro Pro-Club! Eu ja tinha considerado isso algumas vezes, principalmente depois que o Thomas nasceu e que eu necessitava imensamente de reducoes rapidas de gorduras localizadas. Nao que agora eu nao necessite imensamente de reducoes rapidas, mas pelo menos eu nao tenho as “sequelas” de gravidez que incluem principalmente 1000 vezes mais celulites do que voce tem normalmente (elas desaparecem ou voltam ao numero normal apos algum tempo), as estrias em lugares obscuros tambem milagrosamente desaparecem (sera que elas nao tem
parentesco com as que estao nas minhas coxas?) e tudo fica mais ou menos bom. Exceto, claro, aquele ocambole que se encontra convenientemente embaixo do seu umbigo, acima da sua cicatriz de cesarea e que parece protuberar mais do que voce esperaria.

O real motivo por eu nao ter ido antes, inclue muitos pequenos motivos. Um deles eh que eu tinha medo de deixar o Thomas com qualquer pessoa. Medo irracional, eu sei, mas eu tinha, acabou, deixa quieto. Outro, era que eu nao tinha tido a capacidade emocional de ir tirar minha carteira de motorista americana e ficava morrendo de medo de dirigir pra um lugar que eh tao longe. E por ultimo, por achar que o lugar ERA tao longe e que ia me perder no caminho. Esse talvez seja o motivo mais forte.

Mas veja bem, meu marido adora dirigir por caminhos obscuros e fazer varios caminhos diferentes para chegar no mesmo lugar. Mesmo eu tendo discussoes quentes sobre isso, o faz entender que pra mim, o melhor eh dirigir na rodovia cheia e movimentada, se isso vai querer dizer poucas instrucoes para chegar ao destino. Pra mim eh melhor chegar em 35 minutos ou mais se as intrucoes sao apenas “, pegue a 169, pegue a 405, saia na 520, saia na 51st e vire na 148th”, do que “pegue a kent-kangley road, entao a summit-landsburg road, vire a esquerda, va ate o final, vire a esquerda na issaquah-hobbart road, pegue a I-90, va oeste, pegue a 405, va a 520, saia na 51st, vire a esquerda na 148th.”

Bom, mas agora que eu aprendi o caminho, eu consigo chegar la em tempo de deixar o Thomas na creche da academia e ir fazer o que eu tenho que fazer. Talvez agora eu consiga me livrar daquele rocambole miseravel.

E viva Pepsi One!