Irritante

Sabe uma coisa que me irriiiiiiita? Quando alguém aceita algo como se fosse verdade absoluta sem contestar. Tenho vários exemplos melhores do que eu vou contar agora, mas saca só:

 Nós fazemos as matérias de ciclo básico no college, que são denominadas lower-division courses e todas elas tem número entre 100 e 299. Também é possível fazer matérias a nível de segundo-grau (tem muita gente que faz segundo-grau e faculdade ao mesmo tempo aqui), que vai até o 099, mas isso não vem ao caso. No entanto, se você quiser transferir essas matérias pra universidade, você tem que tomar um certo cuidado porque, pelo menos a UW, só credita 90 creditos de lower-division. No entanto, você pode transferir 135 creditos do college. Entendeu? Você pode transferir 135, mas só 90 desses 135 vão contar pra você se graduar. No meu curso de microbiologia, por exemplo, eu preciso de 180 créditos no total.

Eu tinha váááários amigos que estavam todos felizes porque iam fazer 135 matérias na BCC e transferir tudinho pra UW. O ensino da UW é mais rigoroso, e elas estavam fazendo todas as matérias na BCC pra poder evitar notas mais baixas na UW. E eu avisando, “olha, lê direitinho porque é só 90 créditos que eles vão aceitar..” elas olharam pra mim como se eu fosse demente.  Eu vim pra UW e elas ficaram lá na BCC fazendo toooodas as matérias… o que acontece agora? Estão fulas da vida porque vão ter que fazer um monte de matéria sem noção na UW só pra fazer mais credito. Vão levar outro ano pra se graduar…

Outra coisa que eu deteeeeeeeesto é quando alguém recebe spam ou que lê algo na internet e se acha no direito de propagar a informação sem ao menos entender o que a informação significa ou se sequer é verdade. Mas eu também ADORO gastar cinco minutos do meu precioso tempo pra desbancar a teoria da internet e fazer a pessoa calar a boca rapidinho. Não tem nada mais irritante pra mim do que sabedoria de internet ou psicologia de botequim.

Sabe a terceira coisa que eu odeeeeeio? Ler comentários de artigos de jornal, tipo Globo Online ou qualquer um outro. Mas eu tenho esse “quê” masoquista, uma bizarrice minha, que vou lá me irritar e fico irritada o dia inteiro com os comentários infelizes.

A internet faz é isso. Na vida real, muito pouca gente abriria a boca pra falar uma asneira qualquer, mas internet todos os gatos são pardos. E eu não sei se eu gosto tanto assim dessa realidade virtual. Eu preferiria, sinceramente, não ter que conhecer esse lado das pessoas que me irrita tanto.